Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Sustentabilidade’ Category

Muito se tem falado sobre energia nuclear nos último dias, em função do acidente na usina nuclear de Fukushima, no Japão. Aliado ao fato, também começaram as especulações sobre as usinas brasileiras de Angra 1, 2 e 3 (em construção). O argumento utilizado por seus defensores é que o Brasil precisa de energia e que a energia nuclear é limpa e sustentável já que não produz gases de efeito estufa, não necessita de grande área e produz baixos impactos ambientais.

Há seis tecnologias de reatores nucleares no mundo. A escolhida para ser utilizada nas Usinas de Angra 1, 2 e 3 é considerada a mais segura, segundo o ministro de Minas e Energia Edson Lobão, e ainda complementa que quer fazer mais quatro. Esta tecnologia compreende um reator a água pressurizada (PWR), usada em 60% das usinas (incluisive na de Three Mile Islando, nos EUA) (Fonte Revista Época). 

Do ponto de vista econômico, é questionável um país como o Brasil, com tantas desigualdades sociais necessitando de solução, orçar bilhões na construção de uma usina nuclear que gerará energia a um custo muito mais alto que a proveniente de usinas hidrelétricas. Estes altos custos de construção, manutenção, seguro contra acidentes e descomissionamento das usinas tornam a energia nuclear no Brasil é cara e pouco viável.

Em relação a um possível acidente nuclear, sabe-se que a probabilidade nuclear é pequena, mas existe e assusta a população, que tem em mente os acidentes de Three Mile Island, nos Estados Unidos, de Chernobil, na Rússia e agora de Fukushima, no Japão.

Já sobre a discussão dos impactos no processo de produção de energia nuclear, estes variam desde a obtenção da matéria-prima e fabricação do elemento combustível até a o local adequado para a disposição final dos rejeitos radioativos.

Considerando os aspectos citados, ficam algumas perguntas para reflexão:

Será ético deixarmos tantos passivos ambientais para as gerações futuras, em decorrência do processo de produção da energia nuclear?
Será que o Programa Nuclear Brasileiro é sustentável?

Mesmo que as usinas atendas as normas internacionais, estamos mesmo preparados para algum acidente que possa a vir a acontecer em Angra 1, 2 e 3?

E a população da cidade e dos arredores, recebem mesmo o treinamento adequado para lidarem com cada tipo de situação?

Veja também a reportagem especial sobre a tragédia no Japão, e demais discussões, no programa Cidade & Soluções, da globo news, no link abaixo:

http://globonews.globo.com/platb/cidadesesolucoes/2011/03/18/exclusivo-programa-especial-na-integra/

Anúncios

Read Full Post »

Urso Polar

Se você é aquela pessoa que se pergunta: O que eu tenho a ver com o derretimento das geleiras polares? Qual é a minha relação com um urso polar? Então, você precisa ver esse vídeo.

Read Full Post »

A busca incessante pela geração e comercialização de riquezas está levando a humanidade a uma grande crise ambiental, a qual tem alarmantemente sendo agravada. Embora o desenvolvimento tecnológico tenha proporcionado avanços na sociedade, ele tem, ao mesmo tempo, alavancado problemas e riscos ambientais que comprometem a qualidade de vida das gerações atuais e futuras.

É de conhecimento global a intensa exploração do Homem sobre a matéria-prima disponível no planeta, frente a sua capacidade de reposição, aliada ao aumento da população e, conseqüentemente, do consumismo (estimulados pelo meio de comunicação), fazendo com que haja um crescimento da quantidade de resíduos, tornando-se um sério problema para o meio ambiente.

Desta forma, podemos destacar alguns elementos que alimentam o mau uso dos recursos naturais, proporcionando o aumento destes problemas: a falta de ética das grandes corporações, a submissão dos governos às leis da lucratividade, a falta de conhecimento e critério dos consumidores e as desigualdades sociais. Entretanto, tais problemas têm feito o Homem repensar seus hábitos, formas e exploração dos recursos naturais e buscar solução para os resíduos produzidos.

Neste contexto, quando uma empresa se rotula como sustentável, espera-se que acredite e trabalhe a favor do desenvolvimento sustentável, cujo conceito é, segundo a Comissão Mundial de Desenvolvimento e Meio Ambiente (1987), atender às necessidades do presente sem comprometer a possibilidade de gerações futuras atenderem às suas próprias necessidades.

Assim, as empresas que quiserem se manter no mercado, terão que, cada vez mais, trabalhar de acordo com essa tendência, a começar pela avaliação de toda a sua cadeia produtiva, que inclui: a extração e compra de toda a matéria prima, a relação com fornecedores, a qualificação dos trabalhadores, as condições de trabalho nas fábricas, a linha de produção, logística e venda dos produtos, a lucratividade, a relação com os clientes e sociedade, a relação com o Setor Público e a destinação de todos os resíduos gerados.

Portanto, o processo de avaliação de uma empresa deverá abordar sua relação com o desempenho global, tendo em vista as questões básicas do seu perfil de produção, sustentabilidade ambiental de suas atividades e dos principais aspectos socioeconômicos envolvidos em sua gestão.

Renata Barini

Read Full Post »